Inglês para disléxicos – Saiba como aprender segundo idioma e ser Bilíngue

Falar uma segunda língua pode ser o diferencial na vida acadêmica ou carreia de uma pessoa com dislexia

Falar uma segunda língua pode ser o diferencial na vida acadêmica ou carreia de uma pessoa com dislexia / fonte da imagem flicker

Todos sabemos que aprender um segundo idioma ou língua como o inglês já é um desafio para muita gente, quanto mais para quem convive com a dislexia. E embora a dislexia não precise ser um obstáculo para o aprendizado de um segundo idioma, não podemos deixar de perguntar: será que a dislexia pode representar um problema no desenvolvimento escolar, ou mesmo, capacitação profissional de pessoas disléxicas?

Muita gente sabe que por causa da globalização falar um segundo idioma pode ser um diferencial no currículo de qualquer profissional. Mas como aprender novas línguas quando aprender e dominar a própria língua mãe, neste caso o português já é um desafio? Continue lendo e descubra como:

Disléxico é capaz de  aprender qualquer idioma, mas vale a pena conhecer as dificuldades…

De acordo com o Blog Ensino Bilíngue, blog da Maple Bear,  rede de escolas bilíngues baseadas nas práticas da educação canadense, a dislexia não impede aprendizado de segundo idioma. Por sabermos que de 5% a 17% da população mundial sofre da dislexia, é totalmente lógico esperar que alguns d estes disléxicos encontrem dificuldades na hora de aprender um segundo idioma.

De acordo com Maria Ângela Nogueira Nico,  psicopedagoga da ABD (Associação Brasileira de Dislexia ) a nova relação entre fonemas alfabeto e silabas da nova língua podem apresentar um novo desafio para o aluno disléxico, mas não a incapacidade de aprender. Por exemplo enquanto  a letra A no português representa o som “a”, a mesma letra no inglês representa com frequência o som “êi”.

Quer  aprender Inglês ou outro  idioma? O que é melhor: aulas particulares  ou cursos e escolas  tradicionais ?

No mesmo artigo mencionado anteriormente sobre o aprendizado de um novo idioma para alunos disléxicos, é deixado claro uma boa qualificação dos Professores é  parte fundamental no processo de  aprendizado de um segundo idioma por um aluno disléxico.

Seja por precisarem estar atentos aos sintomas da dislexia para favorecer uma melhor intervenção na estratégia de aprendizado do estudante, ou simplesmente usar as técnicas certas de acordo com a necessidade de cada aluno, o professor precisa e deve estar informado sobre como atender alunos com dislexia ou qualquer outra dificuldade do aprendizado. Você é professor? Visite a página da ABD.

Professor usa aplicativo Skype para ensinar Inglês para alunos disléxicos pela Internet no Brasil.

Quando o assunto é dislexia, já sabemos que Alguns alunos, por encontrarem dificuldades no aprendizado de novos idiomas, ou não conseguirem acompanhar as turmas acabam desistindo. Mas, existem soluções bastante úteis.

Confira abaixo nossa entrevista com o Professor de Inglês carioca, Marcos Vinicius e descubra como ele conseguiu usar das novas tecnologias para ajudar alunos disléxicos de vários estados à  a continuarem o seus estudas da língua inglesa e aprenderem um novo idioma. Hoje ele oferece  aulas de inglês pelo Skype ccm didática especialmente criadas para alunos com dislexia.

Para conhecer mais sobre o trabalho do Marcos Vinicius visite a página de contato  dele no facebook o SpeakSkype.

Agora que já sabemos que disléxicos também podem e devem aprender um novo idioma, compartilhe conosco sua opinião ou experiência aprendendo um segundo idioma. Você conhece algum profissional que tem trabalhado no ensino a disléxicos de  outros idiomas além do inglês? – Alemão, Espanhol, italiano, etc? Deixe um comentário e compartilhe conosco.

O Professor Marcos criou atmbém um novo site sobre inglês para estudantes com dislexia e TDAH.

Publicado em Profissionais, Sem categoria, Soluções Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , ,
8 comentários sobre “Inglês para disléxicos – Saiba como aprender segundo idioma e ser Bilíngue
  1. margarette mattos disse:

    Gostaria de saber mais. Sobre o curso.

    • Marcos Vinícius Vila Miranda disse:

      Olá, Margarette!
      Boa tarde!

      O interessado deve marcar uma entrevista via Skype. A entrevista é feita apenas com chamada de voz devido à timidez de algumas pessoas ou algo do tipo, assim como as aulas. Na entrevista, o mesmo conhecerá todo o funcionamento do curso, valores e eu avaliarei o seu real nível de inglês e suas necessidades para um atendimento com precisão.

      Atenciosamente,

      Marcos Vinícius Vila Miranda
      speakskype@hotmail.com

  2. Lady Susy disse:

    Depois que aprendi inglês recebi uma proposta de trabalha em Londres. Estou super feliz. Quem está pensando se vai aprender inglês ou não eu só te digo uma coisa: não espere para aprender inglês! aprenda inglês agora e depois espera. O mundo vai se abrir para vocês de um jeito que parece mágica. Vai por mim.

  3. margarette mattos disse:

    Gostaria de saber mais sobre o curso

  4. Lady Susy disse:

    O que vocês consideram mais dificil? inglês americano ou o britânico?

  5. Natalha disse:

    Gostei bastante do texto e realmente é uma verdadeira batalha aprender qualquer coisa para aqueles que tem dislexia. Sofro do problema e agora estou me empenhando muito para aprender português. Consegui ótimos professores e aulas no https://preply.com/pt/portuguesa-por-skype, o que tem me ajudado muito a superar as dificuldades de aprendizado.

  6. Daniel disse:

    Sou aluno do Marcos, sou disléxico e o método tem me ajudado muito … encontrei o trabalho dele através do site (Inglês para dialéticos) http://www.dyspeak.com tem muita informação legal lá… Bom ter encontrado esse conteúdo aqui também, sempre ajuda. Espero que todos que tenha algum tipo de dificuldade as supere … boa sorte a todos

  7. Norma Santos disse:

    È bom saber que um dislexio pode aprender um novo idioma.
    Eu mesma, estou aprendendo Frances sozinha confesso q tenho meus dias de cão mas estou avançando. Só que dessa vez quero ir a té fim , porquê, um certa feita me interessei pelo espanhol até uns 5 anos atrás sabia escrever e falar, hoje só entendo quando escuto audio,musicas só não consigo falar e nem escrever desta forma me desmotivei e não busquei mais conhecer o idioma Espanhol.Vamos ver agora com o Francês.
    Valeu pelo artigo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*